Segunda, 25 Setembro 2017
Email
Adicionar aos Favoritos
RSS

escola tecnológica do litoral alentejano

No ensino técnico e profissional de qualidade, desde 1990.

 
youtube_logo

 

PARCEIRO:

ISA_Portugal2Col 

 

 

 

Pelo Código dos Contratos Públicos (CCP), todas as compras por entidades públicas deverão ser realizadas por via eletrónica em Plataformas Eletrónicas de Contratação, pelo que a ETLA adotou a Plataforma Eletrónica de Contratação vortalGOV.

PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Paulo Mesquita   
Terça, 31 Março 2015 13:59

Siemens liga teoria académica à indústria

27.02.2015 | Por Cátia Mateus

A multinacional Siemens quer incentivar os jovens futuros engenheiros a criar uma indústria mais moderna e inovadora. Para a empresa, este objetivo passa por aproximar o ensino das reais necessidades das empresas e para isso criou o Prémio Nova Geração|15.

Utilidade prática. Foi este o ponto de partida para a criação Prémio Nova Geração|15, uma iniciativa do gigante tecnológico Siemens que quer colocar os futuros profissionais da engenharia a pensar a inovação da indústria. Para a empresa, a inovação só faz sentido se for adequada às necessidades das empresas e por isso, a Siemens está a desafiar jovens estudantes de engenharia e futuros profissionais para, até 31 de maio, apresentarem a sua melhor resposta ao desafio que modernizar a indústria nacional.

O programa está em marcha e visa “aproximar o ensino teórico e prático das necessidades reais da indústria nacional e da sua modernização, mas também criar condições para que os futuros engenheiros acedam a uma formação cada vez melhor, fundamental para impulsionar a indústria e desenvolver a economia portuguesa”, explicou a empresa na apresentação da competição, organizada no âmbito do protocolo Engenharia Made in Portugal, assinado em 2013 entre a Siemens e o Estado português com o objetivo de promover o ensino da engenharia em Portugal. 

Ao Prémio Nova Geração|15 podem candidatar-se universidades e escolas técnico-profissionais abrangidas pelo protocolo Engenharia Made in Portugal, que tenham recebido o software Solid Edge e os kits de Automação da Siemens, necessários para a realização dos projetos. Segundo a tecnológica, a execução do projeto é totalmente livre, mas “deverá incluir uma forte componente de inovação que será valorizada por um júri composto pela Siemens, a Cadflow, a CIP, a COTEC e a Ordem dos Engenheiros”. À Siemens e à Cadflow cabe selecionar os projetos finalistas (cinco por cada categoria) que o júri irá depois avaliar na fase final.

Ler mais - ExpressoEmprego

Actualizado em Terça, 31 Março 2015 14:05
 
 
 
 

 

Promotores da ETLA:

 


 

 

logo_cmsc_2016

 

logo_cms_2016

 

 

 

SinesTecnopolo

.

 

logo_qualidade_2016 mec   poch portugal_2020

Support Wikipedia Copyright © 2017. ESCOLA TECNOLÓGICA DO LITORAL ALENTEJANO